quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Quadrilha é presa com armas, munição e detonadores de explosivos em Canindé


armasA Polícia acredita que parte do grupo teria envolvimento com o PCC e estava planejando invadir a residência o líder de uma facção rival.Uma operação conjunta das Polícias Civil e Militar apreendeu sete armas, coletes balísticos, detonadores de explosivos e prendeu oito pessoas nesta quinta-feira (27), no município de Canindé (120Km de Fortaleza).

Segundo informações do inspetor Brivaldo Alves, a operação teve início após denúncias anônimas e alguns homicídios em Canindé. Os inspetores e o delegado Amando Albuquerque passaram cerca de três meses investigando os suspeitos e realizando campanas. O mandado de busca e apreensão foi do juiz da 1ª Vara da Comarca de Canindé. 12 policiais participaram da operação, sendo quatro do FTA, quatro do Ronda do Quarteirão e dois inspetores.

A Força Tática de Apoio e os policiais do Ronda do Quarteirão foram ao local dar apoio e prenderam, em flagrante, José Ribamar Bandeira Filho, 40, Francisco Antonio dos Santos Barros, 31, Sidney dos Santos Cardoso, 24, João Igor de Sousa Lourenço, 18, Antonio Valdeci Alves Costa, todos moradores de Canindé. Além de Antonio Joab Viana Barbosa de Oliveira, 18, que reside em Maracanaú (Região Metropolitana de Fortaleza), Francisco De Assis da Silva, 46, que era o proprietário da residência e apontado pela Polícia como o chefe da quadrilha e Dorivan da Conceição, 27, de Aracajú (SE).

Polícia apreendeu sete armas, sendo duas espingardas calibre 12, mais duas espingardas calibre 20 e 36, uma carabina calibre 38 e dois revólveres calibre 38. Também foram apreendidos coletes balísticos, munição e detonadores de explosivos. As investigações mostraram que a quadrilha pretendia explodir a residência do líder da facção rival. Ainda de acordo com o inspetor Brivaldo Alves, existe a suspeita que alguns dos integrantes do bando seja envolvidos com o Primeiro Comando da Capital (PCC), uma facção criminosa que agia, inicialmente, no Rio de Janeiro.

Todos foram autuados em flagrante pelo delegado Amando Albuquerque, pelo porte de arma ilegal e iniciados por formação de milícia. O bando está detido na delegacia de Canindé, mas deve ser transferido para Fortaleza.

FONTE:DIÁRIODONORDESTE.COM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

BLOG DT NOTÍCIAS

BLOG DT NOTÍCIAS
VOCÊ FICA BEM INFORMADO COM AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS DE IPU REGIÃO